Nessa sexta-feira (18.10) a Câmara de Vereadores de Pombal realizará Audiência Pública para discutir, esclarecer e receber sugestões no sentido de encontrar uma solução para a problemática dos buracos nas ruas da cidade ocasionados pela obra do esgotamento sanitário no município.

A referida audiência acontecerá na própria sede do Poder Legislativo local, a parir das 17h00.

Na opinião do vereador Josevaldo Feiosa (PSB), ao usar a tribuna da Casa de “Avelino Queiroga Cavalcanti”, o evento já havia sido anteriormente marcada e depois adiado.

Oportunamente lembrou que uma CPI para tratar sobre o esgotamento já havia sido criada e nada foi produzido a não ser ônus para a Casa Legislativa a partir do gasto de dinheiro público nessa comissão. Sequer um relatório foi feito para se entregar ao Ministério Público ou a qualquer outro órgão.

Para o edil o que poderá acontecer durante o evento será uma enxurrada de acusações e defesas, com um lado acusando e o outro defendendo.

Josevaldo também levantou a questão da possível presença ou não de convidados, incluindo os principais: o construtor e o contratante.

Mesmo afirmando que estará presente, acredita se tratar de uma perda de tempo uma vez que o processo já se encontra em tramitação na Justiça Federal, como alguns já informaram.

“Esta Casa mais uma vez vai gastar o dinheiro público só para estar aqui um monte de gente, nessa tribuna, uns acusando e outros defendendo. E tenho certeza de que não vai sair um relatório daqui para entregar a órgão nenhum no sentido de ajudar na solução do problema”, disse o vereador.

“Como já está na justiça que ela encontre prova de ilicitude ou não. Que inocente ou condene. Mas, a nossa Casa vai servir mais uma vez de palco para defesa e acusação politicamente falando”, argumentou.

Audiências Públicas são eventos que permitem a participação de qualquer pessoa ou entidade interessada no assunto objeto da discussão.

PORTAL LIBERDADE PB